terça-feira, 15 de maio de 2012

Uma palavra: Garra


Sabes? Um dia conquistei o coração de alguém e pensei que o iria ter para sempre sem ser necessário fazer-lhe grandes promessas, mas esqueci-me de preservá-lo. Esqueci-me que o coração requeria manutenção e cuidados intensivos. Esqueci-me de que para o ter na mão, só precisava de o amar com todo o amor que tinha. Esqueci-me de o cuidar. Esqueci-me de o tratar com carinho e de não o magoar. E perdi-o.

Tu, podes perder o coração que pensas ter conquistado para sempre num abrir e fechar de olhos, portanto te aconselho a repensares todas as tuas palavras e a ver todas as viagens que não fizeste para ver a pessoa de quem gostas. Se eu fosse a ti, começava a pôr na cabeça que não se tem tudo de mão beijada só porque se diz “eu quero”. Se é assim que realmente desejas, então faz o favor de lutar com garra. Gritar com o tom mais alto que conseguires. Agarrar esse teu amor com toda a força que tiveres e não tiveres. Só assim essa pessoa será capaz de se entregar a ti com alma e coração e será capaz de te dar todo o amor que precisas e queres. É verdade que vais sofrer… mas quem te disse que no amor não se sofre? Quem to disse – se houve alguém – mentiu-te. E mentiu-te com todas as letras. Porque para amar, é preciso sofrer, para chegar a algum lado na vida é preciso saber cair e levantar-se, erguendo a cabeça e seguindo em frente. 
Feridas…? Irás ter inúmeras pelo teu coração. Chegará a um ponto que vais deixar de saber pensar com ele e vais pensar com a cabeça e quando esse dia chegar, não lhe fales. Irás tomar decisões sem compaixão e não é certamente isso que queres para a tua vida.

Mas se por acaso não estás com medo de sofrer por um grande amor, mas sim, tiveste uma grande desilusão no teu passado, então esquece-a. Ou melhor… não esqueças, ultrapassa-a e mostra-te a ti mesmo que no futuro terás alguém que te vai conseguir fazer rir quando te apetece chorar, que te vai irritar de tanto te melgar, que te vai fazer deitar as lágrimas mais puras, que te dará garrar e vontade de lutar por ela. Prova-te a ti mesmo que é disso que precisas. E discussões? Irão ter muitas. Nem dará para contar pelos dedos quantas irão ter… mas os relacionamentos baseiam-se nisso. São vocês que têm de dar cor à vossa relação e só assim chegam onde querem.

Na verdade, depois de ter deixado partir alguém muito especial para mim, prometi a mim mesma não amar mais ninguém. Prometi a mim mesma bloquear o coração para paixões futuras. Mas de que isso me valeu? Nele permanece a mesma pessoa desde que me lembro do que é saber amar. E acredito que um dia serei capaz de voltar a ter alguém que me melgue, que me compreenda, que me encha a cabeça, que me irrite, que me magoe, que me desiluda, que me faça sorrir, que me peça desculpas vezes sem conta só para receber um beijo em troca, que me olhe nos olhos e simplesmente sorria, que me abrace com firmeza e me faça sentir bem, que me ame do fundo do coração sem puxar muito por ele, que me dê certezas, que me faça sentir realmente merecida e que me dê o mundo sem pedir nada em troca.

Tu precisas disso. Precisas de interiorizar em ti que tens alguém e que não lhe estás a dar o devido valor, sei disso. Devias começar a apaixonar-te por quem está perdida de amores por ti e esquecer o que um dia, outra pessoa te fez. Devias começar a pensar mais em tentar contactar com essa pessoa, demonstrar-lhe mais os sentimentos que tens por ela e o principal: mostrar-lhe que estás pronto para cuidar do coração dela. Mostrar-lhe que a queres amar e irritá-la, que queres dar-lhe tudo sem pedir nada em troca. Que a queres surpreender. Há alguém no mundo à tua espera. À espera que tomes a iniciativa e digas: “queres namorar comigo?” há alguém neste momento a pensar em ti enquanto dorme e há alguém que te ama e tem medo de te perder, mesmo sem te dizer.

Um dia… um dia pode ser tarde demais. Podes vê-la com outra pessoa a ser amada e desejada e tu ficas a amá-la e a desejá-la ainda mais, mas desta vez, sem a ter. E acredita que não a vais conseguir esquecer, porque quando vemos a pessoa que amamos com outra, dá-nos ainda mais vontade a ter, de a amar, de a compreender e de lhe dar tudo e vais arrepender-te. Vais chorar como nunca tinhas chorado antes e vais ficar com uma ferida que não se vai curar com um simples sentimento de outra pessoa qualquer.
Agarra-te à vida. Agarra-te à rapariga dos teus sonhos e esquece quem te fez perder tempo. Agarra-te aos melhores momentos que ainda estão para vir e ama quem te ama e não te prendas a um passado que não desejaste.

Não te esqueças que a podes perder, um dia...

1 comentário: