sábado, 3 de março de 2012

Diário de Bordo III

 Sábado, 03 de Março de 2012

Afinal, querido diário,
Preencho-te hoje mais uma página de ternos sentimentos e sinceros desgostos. Talvez paixões esquecidas ou lágrimas que guardo dentro do meu olhar que não quero que saiam. Preencho-te com a minha noite... que deixei, mais uma vez, que fosse tomada conta por outro alguém.
Tentei fechar os olhos para te poder sentir a abraçar-me, tentei deixar-me ir num sono tão profundo a noite inteira, mas foi tudo em vão. Os teus braços não senti, o teu cheiro não senti, a tua respiração não ouvi e o batimento do teu coração não pode coincidir com o meu. E foi assim, a noite inteira que te tentei ter. Ao invés disso, tive um pesadelo e tu estavas presente... Sufocavam-me e tu gritavas para que parassem e me deixassem em paz. Outrora, eu ficaria minimamente feliz por estares ali independentemente do sonho que fosse... mas desta vez foi diferente. Senti na tua voz a realidade do sofrimento. Não era um sonho. Era mais que isso. Parecia que por entre olhares e palavras que não dizes, me pedias para te abraçar e ficar assim eternamente. E sabes, todas aquelas vezes que me olhas com um olhar profundo e suspiras, sem teres capacidade de deixar sair qualquer que seja a palavra desse teu coração... esta noite, foi assim. Eu senti que mesmo em camas separadas, estávamos unidos. Foi como se vivêssemos o mesmo pesadelo sem darmos conta disso. Todas as noites, adormeço contigo no pensamento e permaneces lá a noite inteira. São noites a fio as que me entrego e outras tantas em que conversamos e nos rimos de barbaridades tão suaves e nossas. São noites a fio em que me pertences tal e qual como vieste ao mundo. São, também, noites a fio em que o meu amor por ti cresce e te digo que te quero por só mais um segundo. São noites essas que me fazem dizer que mesmo longe, és tu.

Para sempre,
da tua eterna amada.

8 comentários:

Bruna Silva disse...

Ora essa, de nada (':

Pedacinhos de mim disse...

Gostei mesmo muito. Um Beijo :)

Inês ♥ disse...

Que bonito! Gostei muito, Flávia :)

Inês ♥ disse...

Oh, obrigada Flávia :)

Afonso disse...

tb gosto mt da tua maneira de escrever (:

Filipa Azevedo disse...

Muito obrigada, tambem gostei muito da tua carta *

Filipa disse...

hum e so consigo seguir os blogs que tem aquela barra com os seguidores que o blog tem :s

ParadoxoSD disse...

Gostei mesmo muito do blog, este é diferente dos que vejo por aí... tem temas mais alternativos. Conquistou-me e sigo-te*

Quando e se poderes dá uma olhada no meu paradoxopsicológico.blogspot.com